Saturday, February 13, 2010

WE ARE THE WORLD 25'

#
I could say and tell a lot about this tragedy, but these images say so much more. They tell by themselves.
#
Haitians line up in front of Brazilian troops reaching out for food and water.
#

One of the many tent camps sprouted in dirty fields in the capital.

#

Jendy Duval, 33, peers out of his tent.

#

Haitians sleep outdoors afraid to gat back to their homes.

#Desperate Haitians try to push through at a gate of food handout in Cite Soleil. Some women collapsed from exaustion in the crush of people.

Children in Cite Soleil look at their mother after getting emergency food rations.

#
Water is geven to a child recovered from beneath the rubble.
#

Two women collapse from exaustion after fighting the line to reach a food handout. Despite a heavy police presence in Cite Soleil, one of the poorest neighborhhods in Port-au-Prince, the food distribuition became violent.
#
United Nations troops from Uruguay try to control the crowd of thousands so that sacks of rice from the US can be distributed in the capital Port-au-Prince.
#
Nearly three weeks after the quake struck, Seraphine Joseph is still waiting to be cared for at a clinic in the town of Leogane.
#
Many Haitians in Port-au-Prince are leeping outdoors nearly three weeks after earthquake. They are either homeless or too afraid to go back into their houses.
#
Ena Zizi takes a drink of water after being carried alinve from the rubble of Haiti's devastating earthquake, one week after the city of Port-au-Prince was reduced to ruins.
#

A woman mourns the deaths of Haitians.
#

A 13-year-old child collects bricks from a church that was destroyed. The bricks would be used by his family to make a new home.

WE ARE THE WORLD 25 - official video - new version for Haitians victimes.
#

video

PANDORA

2010 chega trazendo muita água, muita catastrofe, mas também uma vitória na democracia. Lentamente as coisas começam a tomar uma forma diferente. O povo começa a ter consciência do seu papel como cidadão, e passa a exigir e a cobrar seus direitos.
#
Finalmente, o STJ decretou a prisão do Governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda. A prisão foi pedida pelo procurador geral da República, Roberto Gurgel, motivada pela tentativa de suborno do jornalista Edson Sombra, testemunha do caso. O ministro também decretou a prisão de Wellington Morais - ex-secretário de comunicação do Governo do Distrito Federal; de Haroldo Brasil - amigo íntimo de Arruda e ex-diretor da Campanha Energética de Brasília; Rodrigo Alves - sobrinho e secretário particular de Arruda; e de Geraldo Naves - ex-depultado dital. Todos esses já foram transferidos para o Presídio da Papuda, no DF. Estes são acusados, juntos com Antonio Bento, preso em flagrante pela Polícia Federal, ao entregar uma sacola com R$ 200 mil a Edson Sombra, no dia 4 de fevereiro, de coagir testemunha e produzir provas falsas.
#
O chefe da Casa Militar, coronel Ivan Rocha, me disse ontem em entrevista concedida, ter encon-trado um "Arruda sofrido", sem dormir e em "situação humilhan-te". Disse: "Ninguém consegue dormir numa situação como es-sa. Ele está sofrido. É uma situ-ação humilhante para um Gover-nador de Estado". Está com pena? Leva pra casa! Situação sofrida é o que as mães sentem ao perderem seus filhos por uma bala perdida, ó o que o cidadão passa nas filas dos hospitais, sem um atendimento digno, é o pai que vê seu filho com fome e não ter o que comer. Situação humilhante é o que o povo brasileiro, assalariado, traba-lhador e pagador de seus impostos vive por não conseguir ter uma vida digna, não ter educação, serviço de saúde pública e segurança. Isso sim, é HUMILHANTE e REVOLTANTE. Ele ainda deveria dar graças a Deus por estar usufruindo de uma acomodação especial, com conforto, ar condicionado e alimentação (coisas que a Cons-tituição Brasileira concede). Queria ver se estivesse numa cela comum, com mais trinta presos dividindo o mesmo metro quadrado. Pelo amor!!!
#
O ministro do Supremo Tribunal Federal, Marco Aurélio Mello, decidiu ontem, manter na prisão, o governador Arruda. O ministro negou o pedido de habeas corpus, e com isso, Arruda permanederá preso na sede da Polícia Fede-ral, pelo menos até depois do Carnaval.
#
Vamos comemorar! Não é todo dia que um político corrupto vai pra cadêia em pleno exercício de seu mandato! Aliás, STJ, aproveite o embalo e leve tantos outros que ainda estão imunes e soltos.
#
Bom Carnaval a todos os brasileiros. São mais que merecedores!
#
#
#

video

Imagens mostram Arruda recebendo dinheiro. O vídeo foi gravado em um dos gabinetes de uma empresa do governador Arruda. Câmeras registram um encontro do então presidente da Campanha de Desenvolvimento do Planalto, Durval Barbosa com o próprio governador.
#